Metabuscadores para hoteleiros: receber reservas diretas

LinkedIn +

Este é o nosso segundo artigo da série “Metabuscadores para hoteleiros“, que vai ajudar você a aproveitar todos os benefícios dos metabuscadores e a receber reservas diretas por meio de campanhas usando essas ferramentas.

No primeiro artigo desta série, falamos sobre o que é um metabuscador e como é importante, em um mundo digital, que os hotéis tenham uma vantagem competitiva. Neste artigo, falaremos sobre reservas diretas e metabuscadores como um canal de distribuição. Respondemos às dúvidas mais comuns dos hoteleiros quando estão planejando iniciar uma campanha em metabuscadores:

“Quais os benefícios das reservas diretas?”

Os sites de reserva são um importante canal de distribuição, mas não atraem reservas diretas. Segundo um relatório da Kalibri Labs, “As reservas diretas continuam sendo as mais rentáveis para o setor hoteleiro (cerca de 9%), mas, quando considerados os gastos adicionais, a rentabilidade pode chegar a quase 18%”.

Os benefícios direitos das reservas diretas incluem a diminuição dos custos com comissão de sites de reserva e o controle total sobre a comunicação com os clientes. Esses benefícios podem levar a uma redução de gastos extras e à aquisição e retenção de clientes, criando uma relação mais próxima e aumentando a fidelidade.

Por que não recebo reservas diretas?

Antes da era digital, os hotéis viam a concorrência de uma maneira muito tradicional. Seus principais concorrentes eram outros hotéis. Agora, o nível de competição entre os hotéis cresceu e vai além dos tradicionais estabelecimentos: estamos falando de sites de reserva de terceiros ou OTAs.

Atualmente, os sites de reserva são os maiores concorrentes e atrair reservas diretas é o maior desafio para hoteleiros do mundo inteiro com estabelecimentos de todos os tamanhos. Sobre a batalha pelos clientes, o relatório Travel and Hospitality Industry Outlook [Perspectiva do setor de hotelaria e viagens] observa que “A eterna queda de braço entre fornecedores de viagens e intermediários online pode ficar mais intensa, especialmente no setor hoteleiro, no qual os desafios vêm aumentando. Pela primeira vez, as reservas feitas em sites de reserva ultrapassaram o total de reservas em sites de hotéis”. Esse forte crescimento dos sites de reserva traz preocupações para os hoteleiros que querem atrair reservas diretas para os seus estabelecimentos.

“Como os metabuscadores podem me ajudar a aumentar as reservas diretas?”

Apesar do crescimento dos sites de reserva, os hotéis não estão sozinhos nessa batalha pela distribuição. Existem diversas maneiras pelas quais os hotéis podem atrair os viajantes para os seus sites, sendo o metabuscador uma delas. O crescimento dos metabuscadores vem ajudando estabelecimentos de acomodação independentes a recuperar terreno nas reservas diretas.

O estudo Independent Lodging Properties and the Online Marketplace [Estabelecimentos de acomodação independentes e o mercado online] da Phocuswright menciona que “O crescimento dos metabuscadores está ajudando estabelecimentos de acomodação independentes a retomar o controle sobre como os sites de reserva, que cada mais vez dominam o setor, divulgam os hotéis. Por eliminar a distância entre marketing e distribuição, os metabuscadores têm um alto índice de satisfação: 42% dos estabelecimentos de acomodação independentes pretendem aumentar o uso desse canal de distribuição no futuro”.


Quer receber todas as notícias em sua caixa de entrada?
Inscreva-se para receber nossa newsletter hoje mesmo!


“O que devo levar em consideração ao realizar uma campanha em um metabuscador?”

Confira alguns dos principais fatores a serem considerados para aproveitar ao máximo uma campanha em um metabuscador.

1. Conheça o seu público:

como dito anteriormente, o metabuscador é um canal de publicidade e distribuição. Conhecendo bem o seu público, você poderá chegar a ele de maneira mais fácil. As decisões dos viajantes nem sempre dependem só do preço. Tente entender o que eles estão buscando em um determinado contexto para ficar a par do que outros hotéis oferecem nesses quesitos. Ao tomar decisões importantes, leve em conta o alcance, a intenção do usuário e as possibilidades de lances.

2. Gerencie o seu perfil:

confira se o conteúdo do seu estabelecimento, como descrição, preços e imagens, está correto no mecanismo de metabusca. Quanto mais precisas e completas as informações, maiores as chances de o seu estabelecimento ter um melhor posicionamento.

3. Crie um site eficiente e trabalhe com um bom motor de reserva:

ofereça aos seus clientes um site otimizado e eficiente para atrair reservas diretas quando os clientes o acessarem. Além disso, trabalhe com um motor de reserva de alta qualidade para garantir mais reservas diretas. O motor de reserva ajuda você a converter visitantes do site em hóspedes, ou seja, é uma ótima oportunidade de receber reservas diretas. Verifique se o seu conteúdo é apropriado, se as imagens são atraentes e se você tem a solução de pagamento adequada para o seu site.

4. Conectividade do metabuscador:

um dos pré-requisitos para atrair reservas diretas por meio do metabuscador é ter um motor de reserva. Com ele, as tarifas e a disponibilidade do site do seu hotel são enviadas diretamente para os mecanismos de metabusca. Ao escolher um motor de reserva ou um Channel Manager, solicite os números de conversão e de desempenho até o momento.

5. Acompanhe a paridade de tarifas de perto:

anunciar o estabelecimento em metabuscadores significa que a disparidade de tarifas fica evidente para os hóspedes em potencial. Por isso, recomenda-se utilizar algum tipo de gerenciamento de paridade nos metabuscadores, como verificar suas tarifas em sites de reserva regularmente.

Estudo de caso – trivago: Com o trivago, você pode criar e gerenciar o perfil exclusivo do seu hotel. Para garantir que o seu perfil se destaque nos resultados de pesquisa no trivago, preencha as informações do hotel, incluindo detalhes do estabelecimento, imagens, tipos de quarto e uma descrição.

Entre na concorrência com canais de reserva anunciando suas tarifas no trivago.

Saiba mais

 

“Quais são as opções de preços?”

Após definir uma estratégia para o metabuscador e tiver um site, um motor de reserva e a conectividade estabelecidos, é o momento de iniciar a campanha. Nesse momento, a maior dúvida é: qual o preço disso?

Dependendo do tipo de integração escolhida, você pagará o CPC (custo por clique) ou o CPA (custo por aquisição). No modelo CPC, você paga cada vez que um link do seu site recebe um clique; já no modelo CPA, um pagamento é feito toda vez que um viajante conclui uma ação específica, como fazer uma reserva.

Estudo de caso – trivago: com a conta Basic do trivago, você gerencia o conteúdo do seu perfil, monitora o seu desempenho e a sua reputação online sem pagar taxas nem comissões. Se quiser promover as tarifas de seu site diretamente no perfil do trivago, comece uma campanha do Rate Connect. Com esse recurso avançado do trivago Hotel Manager, você pode aumentar as reservas diretas. O Rate Connect utiliza o modelo de anúncio CPC, também conhecido como pagamento por clique (PPC). No modelo CPC, o trivago cobra uma pequena taxa cada vez que um cliente clica na tarifa do seu site oficial.

“Não sei muito sobre marketing. Posso iniciar uma campanha em metabuscador mesmo assim?”

No estudo da Phocuswright mencionado anteriormente, Independent Lodging Properties and the Online Marketplace, “A falta de conhecimento é uma das principais barreiras à adoção de tecnologias digitais que ajudam a aumentar as reservas diretas. Como resultado, é difícil para os estabelecimentos de acomodação independentes otimizarem a distribuição e melhorar o desempenho financeiro”.

Por isso, atualmente, os mecanismos de metabusca são criados levando em consideração os possíveis conhecimentos limitados sobre marketing e questões técnicas de hoteleiros. É essencial que, para atingir o sucesso, os hoteleiros invistam tempo e esforço para monitorar e otimizar as campanhas em metabuscadores.

Estudo de caso – trivago: com isso em mente e buscando ajudar os hoteleiros a superarem os desafios da adoção de tecnologias digitais, o trivago procura ser o mais simples possível. No trivago, você encontra tanto produtos e recursos de marketing gratuitos quanto pagos que são fáceis de usar e muito personalizáveis. E, se surgirem dúvidas, estamos sempre prontos a ajudar!

Se você quer entender o que é um metabuscador, leia o primeiro artigo da nossa série: Metabuscadores para hoteleiros: conceitos básicos

Leia mais

 

Está pensando em começar uma campanha em um metabuscador? Deixe um comentário abaixo para entrar em contato conosco.


Imagem destacada: Helloquence no Unsplash

COMPARTILHE:

Deixe uma resposta